Olá pessoal! Somos da equipe Gametech Canaã e estamos aqui hoje a convite da equipe ThinkTeam para poder partilhar um pouco as experiências que tivemos na pesquisa. Não é nada de extraordinário, mas nos ajudou a aprender muito. E vale lembrar, que tudo o que estamos compartilhando com vocês, aprendemos de outros amigos mais experientes que nós.

Vamos começar as dicas falando da rubrica de pesquisa! Ela é um material muito importante para as equipes e sendo seguida à risca garante resultados muito bons! Além de sua importância no dia do torneio enquanto avaliação, ela também traz uma ótima metodologia de pesquisa, portanto construir um projeto com base nela é chance certa de uma boa performance no dia da avaliação. Se atenham aos tópicos, desde quantas fontes de pesquisa são necessárias até se sua solução está clara. Lembrando que se você pesquisa em vários artigos, esses são contados como um único tipo de fonte. Tente diferenciar os tipos de fontes de pesquisa. Ainda assim, sempre tentem fazer mais que o cobrado, isso traz diferenciais, e no momento de deliberação dos juízes é crucial!

foto1

Um item de grande importância é a pergunta da sua pesquisa. Isto é, vocês tem que saber qual o problema que estão dando solução e ainda, tem que saber expressá-lo com clareza para as outras equipes e para os juízes. Muito cuidado para não escolher algo que não tenha relação com o tema da temporada, nem trabalhar com algum aspecto que os documentos aconselham que não seja considerado. Se fugir do tema, sua pesquisa poderá ser desconsiderada. E, só pra lembrar: leia o documento do desafio todo. É muito importante! Ele te ajuda a compreender bem o tema e as restrições que podem aparecer.

A rubrica ainda pode ser usada em mais ocasiões. Planejar a apresentação de vocês seguindo-a é muito relevante, o que pode facilitar a avaliação dos juízes tornando as coisas mais claras e certamente melhorando o desempenho da equipe na terceira área de habilidades da rubrica, a “Apresentação”.

Uma grande preocupação que várias equipes podem lançar mão é confeccionar um portfólio para entregar aos juízes na sala da pesquisa. Por isso é preciso ter muita atenção quanto ao tipo de portfólio que a equipe está fazendo, se é um artigo científico, projeto técnico, etc. Lembre-se que os juízes não possuem muito tempo para ler um texto muito grande. Logo, é possível que dependendo do tamanho os juízes leiam poucas partes de seu material, ficando alguma parte importante sem ser observada.

Por esse motivo aconselhamos que a equipe faça infográficos (ilustrações explicativas sobre o assunto), são bem melhores do que grandes textos, pois com eles os juízes podem identificar de maneira muito mais fácil e rápida a ideia que vocês desejam transmitir. Assim, seus portfólios podem ficar muito mais atrativos visualmente sem mesmo perder a importância da mensagem que a equipe transmite em um texto, sem falar que algo mais simples e ilustrativo torna-se mais fácil de ser lembrado pelos juízes. Então abuse de imagens significativas e de frases que expressem as ideias centrais e importantes.

foto2

É recomendável que a equipe faça a documentação de todas as atividades relacionadas à pesquisa, relatando reuniões com especialistas na área da pesquisa, processos de evolução do projeto, etc. Essa documentação pode ser feita através de fotos, relatórios, diários de bordo e, se possível, laudos técnicos. Com esses registros seus argumentos se tornam ainda mais fortes e embasados.

foto3

Por fim, mas não menos importante destacamos a importância de se ter uma apresentação criativa. Tentem inovar nessa área que vai transmitir toda a preparação e paixão da equipe pelo projeto. Uma boa apresentação faz com que seu tema seja bem explicado e também que os juízes não se esqueçam de seu projeto. Façam essa apresentação com brilho nos olhos e tenham certeza que os juízes não terão como resistir aos encantos de uma boa apresentação.

Explique direitinho sua solução tanto na apresentação, quanto no portfólio. Isso ajuda a sua equipe e as outras pessoas a entenderem todo o processo de solução, se existe uma ordem lógica de tudo o que estão propondo.

foto4

Não se esqueça de pesquisar e mostrar aos juízes as soluções existentes ao seu problema e, além disso, compartilhe tudo que fizerem com a comunidade local em que estão inseridos, nas redes sociais. Nossa ação pode mudar a realidade em que vivemos.

foto5

E para terminar, acredite no que sua equipe está propondo. Tenha brilho nos olhos. Pesquise e se esforce para que muito mais que ganhar um prêmio, você esteja fazendo um mundo melhor, pra você e para os que estão ao seu redor. Por que, no mínimo estamos aprendendo. Todos já sabemos que “O que descobrimos é mais importante do que o que ganhamos”.

Bom, esperamos ter ajudado um pouquinho. É lógico que ainda estamos engatinhando, por isso nos ajude também sugerindo mais aspectos que tenhamos nos esquecido. Nesse processo todo, aprendemos que só melhoramos quando “Nós dividimos as experiências com os outros”.

Com o coração azul, agradecemos pela sua atenção!

foto6