O atropelamento de animais silvestres nas rodovias vem aumentando cada dia mais, se tornando a principal causa de morte de bichos silvestres no país, superando caça ilegal, desmatamento e poluição. São 15 animais mortos por segundo, ou 1,3 milhão por dia e até 475 milhões por ano, segundo projeção do CBEE (Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas), da Universidade Federal de Lavras (MG). As cenas com espécies ameaçadas de extinção são um retrato de um filme que não sai de cartaz no Brasil: a matança de animais por atropelamentos em estradas.¹

Este problema esta em nosso meio a muito tempo, sem contar também que nós mesmos provocamos estes desastres, e por conta da obsessão dos homens, animais perdem suas vidas de uma forma dolorosa e sem coração, o que nos leva a acreditar que estamos acabando com nossas riquezas, os animais. Mas mesmo diante de todos esses problemas, podemos pensar em meios de ajuda e segurança para esses animais, favorecendo tanto a eles como a nós também, mas aí esta a duvida, como ajudarmos os animais e reduzirmos a quantidade de atropelamentos em rodovias e estradas?

Hoje em dia a tecnologia esta em nosso meio de uma forma muito surpreendente, o que nos leva a pensar e acreditar que normalmente levamos consigo um aparelho digital conosco em todos os lugares, e provavelmente no transito ou nas estradas usamos essa tecnologia para cassarmos rotas mais rápidas e fáceis, usando então os famosos GPS’s, que nos auxilia na hora de sairmos de casa. Esse aparelho tem ligação direta com o satélite, que atualiza em questão de minutos, acontecimentos nas estradas, e então a partir desta fonte e deste problema, fizemos uma ligação entre ambos e tivemos a seguinte idéia. Todos animais silvestres teriam um ship em uma pulseira que ficaria presa em seu corpo, mas de uma forma que não interfira em seu dia a dia, e como esse ship é um sistema de rastreamento, os GPS´s  transmitiriam esses informações da localização desses animais direto nos dispositivos eletrônicos (GPS) o que faria com que os motoristas soubessem onde teria algum tipo de animal e poderia tomar mais cuidado e ter mais atenção, caso o órgão responsável pelos animais não fosse tomar as devidas providencias que seria controladas também por uma central de restreamento.

Esse projeto iria atingir uma grande parte da sociedade e ajudaria os animais silvestres a terem uma vida mais normal, mas como muito importante devemos conversar com biólogos, veterinários, especialistas na área de informações   de satélites e tudo mais, sem contar que consultar sites é ideal para uma pesquisa mais elaborada e produtiva, como por exemplo assistir a documentários e artigos sobre tal assunto.

 

Site:

¹A principal causa da morte de animais silvestres no Brasil – BBC Brasil

www.bbc.com