Olá pessoal, tudo bem? Hoje explicaremos como criar uma estratégia bem definida, estruturada e sólida para o desafio Animal Allies 2016/2017.

desafio-robotica-cao-guia-animal-allies

Quando falamos de estratégia, muitos pensam em realizar as missões que dão mais pontos ou fazer maior número de missões em um tempo, porém uma estratégia vai muito, além disso.

Qual é a importância de uma estratégia?

Uma estratégia define a ordem das missões que você seguirá o trajeto mais eficaz e que seu robô possa fazer e a precisão que seu robô terá para realizar isso tudo. A partir de uma estratégia que se pode começar a criar seus equipamentos, pois a chance de dar certo é bem maior e você tem menos retrabalho.

Vejamos um exemplo: você criou seu robô todo bonitinho, montou os equipamentos para realizar as missões, programou tudinho, porém COPIOU ou NÃO CRIOU uma estratégia, o que pode acontecer:

  • Na hora de começar os treinos de mesa faltando poucos dias para competição, seu dia tinha a expectativa de fazer 700 pontos tranquilamente, porém começam a treinar fazendo uma média de 400/500 pontos e não sabem o motivo.
  • Na hora de realizar as programações separadamente, seu robô faz de maneira eficaz, porém quando é feito um treino corrido de 2 minutos e 30 segundos, ele dá diversos erros.
  • Seu time tem que desistir de algumas missões porque não dá tempo para realizar tudo em 2 minutos e 30 segundos.

Mas por que tudo isso acontece?

Esse exemplo dado acima ilustra o que pode acontecer com um time que não tem uma estratégia bem definida e tudo isso acontece pelos times começarem a fazer as missões sem ter uma estratégia ou até mesmo ignorar a importância de se ter uma estratégia. Esse exemplo pode se encaixar em diversas situações do cotidiano como, por exemplo, a estratégia que você vai seguir para construir sua carreira, ou até mesmo a estratégia para sair de uma situação complicada. Todos os dias nós temos que ter uma estratégia para nossas vidas.

“Tudo sem uma estratégia tende a falhar”

Por onde começar?

Muitos times na hora de iniciar a criação de uma estratégia deixam de lado diversos fatores que implicam tanto no rendimento do seu robô, quanto na facilidade e na forma de realizar as missões, optando por realizar certas missões a outras. Na hora de criar uma estratégia é lembre-se:

estrategia

É importante sempre lembrar que o trajeto do robô está totalmente ligado ao custo/benefício de cada missão, dificuldade para realizar e se é possível fazer algo às redondezas. Os itens elencados com cada área acima são cruciais na hora de criar uma estratégia, por exemplo, você pode ter tido uma ideia totalmente diferente para realizar certa missão, porém você acha que não vai dar tempo para construir a garra/equipamento até o campeonato, será que realmente a pena comprometer todo o restante para construir somente aquela garra?

Obs: Tempo é um fator muito importante, considere ele SEMPRE.

Pense em formas de realizar as missões ou de não realiza-las

O seu melhor amigo na hora de construir uma estratégia é o famoso Youtube, nele tem vídeos de temporadas passadas ou até mesmo da temporada atual. Nesses vídeos analise e ESTUDE BASTANTE mecanismos e equipamentos, você pode ter ideias que nunca teve antes. Tente entender como cada mecanismo funciona e sempre lembre:

“Nada é impossível, basta você correr atrás e acreditar!”

Muitas vezes pensamos em mecanismos para resolver todas as missões, ou até mesmo taxamos certa missão impossível, mas procure formas de realizá-las e para isso analise o custo/beneficio e o tempo.

Analisando tempo e custo/beneficio

Para saber quais missões o Think Team faria nesta temporada, colocamos os seguintes itens:


Estratégia para Regional São Paulo:

– Tempo de treino até o torneio: 20 horas

– Tamanho do robô: Médio / passa em todos lugares

– Tamanho de rodas: Média / 6 cm de diâmetro / tração dianteira

– Encaixe de garras: Sistema de polias / encaixe rápido


 

Com todos esses dados levantados, decidimos optar por uma estratégia onde montássemos as garras de maneira rápida, pois temos pouco tempo de treino (pelo fato de morarmos bem distantes um dos outros). Decidimos fazer saídas de base mais demoradas pelo fato de não termos uma roda grande.

Em relação às missões, elencamos dificuldade para cada missão e as missões “Automação de Ordenha”, “Foca na Base”, “Leite na Rampa”, “Parede de Biomimética”, “Tubarão no Alvo 2”, “3 pares da missão compartilhada” e “6 estrumes” decidimos não fazer, tanto pelo custo/beneficio, tanto pela dificuldade em realiza-la.

O custo/beneficio de cada missão pode ser analisado pelos seguintes fatores:

– Pontuação da missão

– Distância da base e distância das outras missões

– Dificuldade para realizar a missão

– Continuidade de trajeto

– Tempo gasto na missão

Isso pode se encaixar em todas as missões, faça esse comparativo na hora de construir sua estratégia.

Estratégias sempre podem melhorar

Ai você constrói toda estratégia, e, por exemplo, vai muito bem na etapa Regional. Para a etapa Nacional é quase necessário (dependendo do tempo) evoluir sua estratégia, porque conforme vai passando a temporada, nós vamos encontrando inspirações e maneiras diferentes de realizar as missões. Procure sempre evoluir sua estratégia a fim de ter um melhor resultado. Para entender isso, vou mostrar três vídeos da equipe SESI Robonáticos na temporada World Class 2014/2015.

Etapa Regional – 449 pontos

Etapa Nacional – 539 pontos

 

Etapa Internacional – 731 pontos

 

Analisando os vídeos, é possível ver uma evolução muito grande tanto na forma de realizar as missões, quanto na estratégia que o time escolheu. Simples sacadas fizeram com que o robô pudesse evoluir e ter um melhor rendimento, onde podemos conferir na 1ª saída da etapa nacional para a 1ª saída da etapa mundial. Nos dois vídeos, o robô faz o mesmo trajeto inicial, porém no final ele realizar duas missões próximas e com isso MUITO tempo é otimizado, tempo de troca de garra e tempo de ir até a missão.

Por fim, a nossa Estratégia.

saida1

Na primeira partida, o robô sairá da base em direção da “Alimentação” e com um mecanismo lateral de engrenagens, fica batendo a fim de cair às comidas. Com o mesmo mecanismo, cai uma espécie de cercado para pegar a abelha e o porco.

Tempo estimado: 20 segundos

saida2

A segunda partida pode ser dividida em duas, uma saída rápida onde o robô deixa duas comidas no círculo próximo à base, e uma saída onde realizará o restante das missões da estratégia, isso tudo com a mesma garra/equipamento.

Retornando a base após a saída rápida, o robô irá em direção à missão “Ação do Cão-guia” e somente empurrando fará o tubarão no Alvo 1. O robô fará uma curva e realizará a missão do cão-guia (Já fizemos testes para ver se não há nenhum problema de travamento na hora que o robô passará nessa missão). Em seguida, andará reto e deixará comida nos três círculos restantes e pegará a “Zoóloga” retornando a base.

Tempo estimado: 1 minuto

saida3

Na terceira saída, o robô realizará um grande número de missões bem próximas. Ele sairá da base em direção a colmeia e deixará a abelha, em seguida deixará o porco na fazenda, pegará a câmera, realizará o panda e deixará a zoóloga, cão e treinador e um estrume na Área de Treinamento. Em seguida voltará para a base.

Tempo estimado: 40 segundos

saida4

Na última saída, o robô sairá da base em direção a missão compartilhada, seguirá linha, girará a missão e por fim, deixará o Gecko na parede

Tempo estimado: 20 segundos.

Pontuação total: 264 pontos

 

Observação: Sempre lembrando que essa estratégia é a que adotamos conforme nosso número de peças, nosso tempo e organização. Como foi dito acima, com certeza essa estratégia evoluirá!

 

Podemos concluir que tempo pode não ser dinheiro na FLL, mas ele faz total diferença e impacta totalmente sobre o trabalho dos times. Além do tempo, a estratégia é outro item essencial para quem busca bons resultados. Queremos que vocês também compartilhem a estratégia de vocês ou pelo menos essa aqui! Agradecemos a atenção e até a próxima 🙂


Atualização da Estratégia 18/11/2016

Com o passar dos treinos e com as novas ideias, adaptamos nossa estratégia à nossa realidade. A nova estratégia do Desafio do Robô ficou da seguinte forma:

missao1

A primeira partida consiste no robô ir até a missão “Alimentação” e através de um sistema de biela-manivela a missão é realizada.

Tempo estimado: 15 segundos.

missao2

Na segunda saída, o robô irá em direção da missão “Ação do Cão-guia” e ao mesmo tempo terá um anexo levando o tubarão para o Alvo 1. Em seguida, pegará o porco e a abelha e levará para a base.

Tempo Estimado: 25 segundos

missao3

A partida mais longa do robô é a terceira saída. Ele sairá em direção à missão da foca, passa por cima da rampa, deixa um estrume na Área de Treinamento e pega somente a câmara da foca. Depois o robô liberta o Panda e pega a Zoóloga. Com um sistema pneumático, ele deixa o Gecko na parede Biomédica e com um sistema de biela-manivela, deixa duas comidas no círculo próximo.

Logo em seguida, ele vai em direção a missão compartilhada, deixa comida nos dois círculos próximos e então realiza a missão compartilhada caso esteja combinado com o outro time, se não, ele retorna pra base.

Tempo Estimado: 1 minuto e 10 segundos

missao4

Na última saída de base, o robô vai em direção à Área de Treinamento, deixa a Abelha na colmeia e termina na Área de Treinamento com o porco, zoóloga, treinador e um estrume anexados.

Tempo Estimado: 40 segundos.

Pontuação Total: 266 pontos


Atualização da Estratégia 26/11/2016 – Estratégia utilizada no Regional RJ

Depois de passar alguns dias construindo os equipamentos, no dia 26 de novembro, recebemos a visita de alguns especialistas que nos auxiliaram a pensar em algo que fosse extremamente simples conforme nossa realidade.

Abaixo você pode conferir o vídeo da final do Regional contra a equipe FrancoDroid onde alcançamos algo próximo da pontuação máxima:


Atualização da Estratégia 06/01/2017 – Estratégia para Etapa Nacional

Após a classificação para etapa nacional criamos uma nova estratégia. Aumentamos a pontuação mínima para 300 pontos e tentamos executar mais missões por saídas. Criamos um post especial explicando detalhadamente essa estratégia. Clique aqui para conferir.